Ademir Lucas – PR  -22456

Ademir Lucas (1943) é natural de Esmeraldas, filho de José Lucas Gomes, intelectual da Academia Municipalista de Letras de Minas Gerais, e de Maria Silva Lucas, dedicada mãe e dona de casa. Teve cinco irmãos, três já falecidos. É casado, pai de seis filhos: Breno, Luciana, Larissa, Ademir Lucas Gomes Filho, José Lucas e Giovana; e tem quatro netos: Renan, Raíra, Uli e Iana.

Mudou-se na adolescência para estudar em Belo Horizonte. Após concluir o segundo grau, Ademir prestou vestibular em três universidades e passou em todos. Optou por cursar Sociologia Política na Faculdade de Ciências Econômicas. Com o golpe militar, ocorrido em 1964, o curso sofreu profundas modificações e Ademir decidiu interrompê-lo. Realizou então novo vestibular, desta vez para o curso de Direito, na Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais e na Universidade Federal de Minas Gerais. Mais uma vez passou nos dois e escolheu por realizá-lo na UFMG.

Ainda na faculdade começou a trabalhar no Governo Estado, iniciando assim a sua vida pública e política como advogado do MDB – Movimento Democrático Brasileiro, partido político de oposição ao Regime Militar de 1964. Em 1972 Ademir veio para Contagem para fazer acompanhamento do processo eleitoral. Realizou um trabalho tão eficaz que passou a ser assessor técnico consultivo da Prefeitura de Contagem, continuando como advogado do MDB. Em 1976 foi coordenador geral da campanha vitoriosa a prefeito de José Luiz de Souza, quando assumiu vários cargos na prefeitura.

Sempre próximo e buscando escutar a população, Ademir foi lançado e eleito deputado estadual por Contagem, em 1982. Ainda sobre a pressão do regime militar, se manteve firme como líder da oposição, o que era considerado um ato de extrema coragem. Ainda em 1982 aconteceram as primeiras eleições diretas e Tancredo Neves foi eleito governador de Minas Gerais. Ademir foi então escolhido por ele para ser, em 1983 e 1984, líder na Assembleia Legislativa, líder do PMDB e liderança da Maioria.

Já no governo de Hélio Garcia, em 1984, Ademir Lucas foi convidado a ser secretário de Trabalho e Ação Social. Com uma atuação de destaque resultou na sua eleição como prefeito de Contagem, em 1988. Realizou um governo progressista e investiu fortemente em educação. As Funecs, que antes eram apenas nove unidades, e pagas, foram reabertas de forma gratuita a toda a população, chegando a ter 21 unidades na cidade. Realizou obras que até hoje fazem a diferença na história da cidade, como a Via Expressa, mais de 40 escolas de ensino fundamental, entre várias outras ações que fizeram de Contagem uma cidade muito mais moderna.

Em 1994 tornou-se deputado federal. Já em 1995 foi convidado pelo então governador, Eduardo Azeredo, a assumir o cargo de secretário de estado de Esportes, Lazer e Turismo.

Reelegeu-se deputado federal em 1998 e, em 2000, foi novamente eleito prefeito de Contagem. Entre suas principais ações estão a reabertura das Funecs, isenção do IPTU residencial e construção do único hospital público municipal. Realizou, em parceria com o governo do Estado, a construção de grande parte de quartéis e companhias de policias em diversos pontos da cidade, além de vários bairros populares como a Vila Militar e Vila Itália. Vias expressas, viadutos, túneis, trevo do Ceasa e as principais obras sanitárias de Contagem passaram pelas mãos de Ademir Lucas.

>> Conheça a trajetoria do Ademir, clique aqui

Compartilhe